Publicado por: Lílian. | 17 novembro, 2008

Sem festival pra você

Entregamos o projeto em julho. Ontem à noite, eu li o e-mail com o resultado: A Agepel não aprovou o Festival Matéria-Prima para a captação de recursos pela Lei Goyazes. Isso significa que, a não ser que alguém se interesse MUITO pelo projeto e queira dedicar sua vida a ele, não haverá uma segunda edição do Festival Matéria-Prima de Música Universitária.

1º Festival Matéria-Prima

Em março de 2008, uma comissão de cerca de 40 alunos da UFG – de Jornalismo e Design Gráfico, conseguiram a proeza de realizar um festival que incluía, na sua programação, palestras e shows com bandas formadas por universitários. Foi assim que eu realizei um grande desejo: trabalhar com produção cultural. E foi assim que eu me aproximei do Túlio Moreira e da Marcela Guimarães, duas pessoas que eu amo muito e que vão sempre fazer parte da minha vida. 

E nós três chamamos pra nós a responsabilidade de muita coisa: o Túlio ficou com a parte do patrocínio, a Marcela com a parte das bandas e eu fiquei na cola do pessoal do Design Gráfico. Como deu trabalho.

Mas quando, na calourada do DCE, nós fizemos o lançamento, a gente se sentiu extremamente realizado. Naquele dia, as bandas Camels, Diego de Moraes e O Sindicato, Seven (agora Orquestra Abstrata), Sapo Verde, Radiollas e Bang Bang Babies fizeram valer a pena ir ao longínquo Campus Samambaia. Estar na chuva nunca foi tão rock! Ainda mais depois que a Polícia Federal baixou no Campus, desligou a energia e a Bang Bang Babies continuou a tocar!

Entre os dias 26 e 28 de março, nós estivemos todos os dias lá na Rádio Universitária. Brigando, rindo, curtindo o sucesso que foi os 3 dias de debates no auditório. Para discutir Jornalismo Cultural, Mercado Independente e Música na Universidade, nós recebemos o apoio de muitos como Pablo Kossa, Fabrício Nobre, o jornalista Edson Wander, o professor Sebastião Rios e do músico Arnaldo Freire – entre tantos outros que estiveram lá para propor um debate saudável sobre estes temas.

E no dia 29, loucura total: Nunca esperávamos um público tão grande pro Festival! Aproximadamente 2 mil pessoas estiveram no Martim Cererê no dia 29, pra assistir ao show das 12 bandas universitárias. Abrimos com a estreante Lestrade, e na seqüência tivemos Technicolor, Arnaldo Freire e Kaloni (Mistura e Manda), Incesticida, Inflecto, GO.zero-Matozo, Diego de Moraes e O Sindicato, Sapo Verde, Radiollas, Johnny e Alfredo e Seus Neurônios Mongóis e a banda Spunke.

Poderia contar mil e uma histórias sobre aquele dia. Sobre como o tamanho das fichas ficou extremamente pequeno e despertou a ira do Túlio em relação a mim, sobre como o Sérgio simplesmente deitou desmaiado na entrada do Martim e eu achei que ele tinha morrido, sobre como nós praticamente mergulhávamos dentro do freezer atrás de pelo menos uma cerveja gelada, sobre como a gente não sabia comprar cigarro, sobre como os seguranças sacanearam com a gente e fizeram com que o festival fosse encerrado mais cedo. Sobre como deu tudo certo no final, apesar de algumas falhas – muito pequenas pra quem era marinheiro de primeira viagem.

Pra tudo isso, foram necessários 6 meses de muito trabalho, muitas reuniões, muitos desgastes emocionais e, principalmente, levamos Não atrás de Não na hora de pedir patrocínio. Foi duríssimo fazer o festival com a pouca renda que obtivemos. É por isso e por muitos motivos pessoais que, pelo menos eu, o Túlio e a Marcela não vamos continuar a produzir o Festival Matéria-Prima. Apesar de todo apoio que recebemos para inscrever o projeto na Lei Goyazes, o sistema é tão viciado que não foi capaz de valorizar iniciativas vinda dos estudantes, da Universidade, que servem como laboratório para os estudantes e, muito mais que isso, para a integração e retribuição da Universidade para a Sociedade – de forma gratuita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: