Publicado por: sbc1 | 17 dezembro, 2008

Top 100 – Filmes

Aproveitando-se da parte cinematográfica provinda do nome do blog (Destinos Cruzados é um filme também), vou postar aqui os 100 filmes a que todo mundo deveria assistir.

Uma revista francesa (Cahiers du Cinéma) ouviu 76 pessoas envolvidas com o cinema e publicou os 100 filmes que deveriam ser obrigatórios. O sempre citado Cidadão Kane, de Orson Welles, ficou em primeiro lugar. O longa venceu o Oscar de Melhor Roteiro Original em 1942 e se tornou um marco na história do cinema, influenciando a narrativa, a fotografia e a edição de muitos outros filmes. Outro filme de Welles, A Marca da Maldade, também está na publicação.

cidadao-kane

Confesso que não vi nem 20% desses filmes, mas tenho na minha mente cenas da maioria deles, o que já me deixa muito encantado e com mais vontade de assistí-los. Eu já tive vontade de cantar na chuva, morri de medo do Nosferatu, me diverti demais com as comédias do Chaplin, enfim, vivi com intensidade cada momento que eu vi nesses filmes.

Eis a lista:

– Cidadão Kane (1941)
– 
O Mensageiro do Diabo (1955)
– 
A Regra do Jogo (1939)
– 
Aurora (1927)
– 
O Atalante (1934)
– 
M, o Vampiro de Dusseldorf (1931)
– 
Cantando na Chuva (1952)
– 
Um Corpo que Cai (1958)
– 
O Boulevard do Crime (1945)
– 
Rastro de Ódio (1956)
– 
Ouro e Maldição (1924)
– 
Rio Bravo – Onde Começa o Inferno (1959)
– 
Ser ou Não Ser (1942)
– 
Era uma Vez em Tóquio (1953)
– 
O Desprezo (1963)
– 
Contos da Lua Vaga (1953)
– 
Luzes da Cidade (1931)
– 
A General (1927)
– 
Nosferatu (1922)
– 
A Sala de Música (1958)
– 
Monstros (1932)
– 
Johnny Guitar (1954)
– 
A Mãe e a Puta (1973)
– 
O Grande Ditador (1940)
– 
O Leopardo (1963)
– 
Hiroshima, Meu Amor (1959)
– 
A Caixa de Pandora (1929)
– 
Intriga Internacional (1959)
– 
O Batedor de Carteiras (1959)
– 
Amores de Apache (1952)
– 
A Condessa Descalça (1954)
– 
O Tesouro do Barba Rubra (1955)
– 
Desejos Proibidos (1953)
– 
O Prazer (1952)
– 
O Franco Atirador (1978)
– 
A Aventura (1960)
– 
O Encouraçado Potemkin (1925)
– 
Interlúdio (1946)
– 
Ivan, o Terrível (1944)
– 
O Poderoso Chefão (1972)
– 
A Marca da Maldade (1958)
– 
Vento e Areia (1928)
– 
2001: Uma Odisséia no Espaço (1968)
– 
Fanny e Alexander (1982)
– 
A Turba (1928)
– 
8 1/2 (1963)
– 
Sel Sol (1962)
– 
O Demônio das Onze Horas (1965)
– 
O Romance de um Trapaceiro (1936)
– 
Amarcord (1973)
– 
A Bela e a Fera (1946)
– 
Quanto mais Quente Melhor (1959)
– 
Deus Sabe quanto Amei (1958)
– 
Gertrud (1964)
– 
King Kong (1933)
– 
Laura (1944)
– 
Os Sete Samurais (1954)
– 
Os Incompreendidos (1959)
– 
A Doce Vida (1960)
– 
Os Vivos e os Mortos (1987)
– 
Ladrão de Alcova (1932)
– 
A Felicidade não se Compra (1946)
– 
Monsieur Verdoux (1947)
– 
O Martírio de Joana d’Arc (1928)
– 
Acossado (1960)
– 
Apocalypse Now (1979)
– 
Barry Lyndon (1975)
– 
A Grande Ilusão (1937)
– 
Intolerância (1916)
– 
Partie de Campagne (1936)
– 
Playtime (1967)
– 
Roma, Cidade Aberta (1946)
– 
Sedução da Carne (1954)
– 
Tempos Modernos (1936)
– 
Van Gogh (1991)
– 
Tarde Demais para Esquecer (1957)
– 
Andrei Rublev – O Artista Maldito (1969)
– 
A Imperatriz Galante (1934)
– 
O Intendente Sansho (1954)
– 
Fale com Ela (2002)
– 
Um Convidado bem Trapalhão (1968)
– 
Tabu (1931)
– 
A Roda da Fortuna (1953)
– 
Nasce uma Estrela (1954)
– 
As Férias do Sr. Hulot (1953)
– 
A Terra do Sonho Distante (1963)
– 
O Alucinado (1953)
– 
A Morte num Beijo (1955)
Era uma Vez na América (1984)
– 
Trágico Amanhecer (1939)
– 
Carta de uma Desconhecida (1948)
– 
Lola, a Flor Proibida (1961)
– 
Manhattan (1979)
– 
Cidade dos Sonhos (2001)
– 
Minha Noite com Ela (1969)
– 
Noite e Neblina (1955)
– 
Em Busca do Ouro (1925)
– 
Scarface – A Vergonha de uma Nação (1932)
– 
Ladrões de Bicicletas (1948)
– 
Napoleão (1955)


Percebam que a maioria deles é de antes dos anos 70, quando começaram a utilizar da tecnologia para a produção de filmes, tornando os filmes apenas espetáculos sem conteúdo. Mas a tecnologia também contribuiu para o cinema.

charles-chaplin

FONTE: http://br.cinema.yahoo.com/noticias/20836

Espero que tenham gostado.

 

APROVEITEM!

Anúncios

Responses

  1. A maioria das coisas aí também não vi. Mas vi alguns sim e clássicos são clássicos.Quanto a lista, sei lá…acho que todo mundo dá muito valor as coisas antigas (eu me incluo nisso).
    Claro que houveram muitos filmes bons depois de 1970 e não acho digno não incluirem eles aí. Ou então, mudasse o enfoque da lista…pra sei lá, 100 clássicos que todo mundo deveria assistir, ou 100 películas cheias de poeira e imperdíveis.

  2. Ahh lilian/sérgio, faz uma listinha dos anos 80 pra cá para eu poder me sentir mais em casa, pq desses 100 eu não vi nenhum!

    será qeu eu devo começar a contestar meu gosto por filmes?? hehehehehh

    bjus


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: